Bons hábitos para enxergar melhor e por mais tempo

abr 11, 2019 por Lotten Eyes    Comentários desativados    Postado em: Notícias

Consultar o oftalmologista periodicamente e conhecer os fatores que ameaçam a visão, prevenindo-os, é a melhor maneira de preservar a saúde ocular
Mais de 6,5 milhões de pessoas apresentam algum grau de deficiência visual no Brasil, sendo que 582 mil destas são, de fato, cegas. Mas 80% dos casos poderiam ser evitados com cuidados simples ou detecção e tratamento precoces de problemas como glaucoma, retinopatia diabética e degeneração macular, algumas das principais causas de perda de visão, segundo a Fundação Dorina Nowil para Cegos.
As precauções devem começar antes mesmo do nascimento, com um pré-natal adequado, vacinando a gestante contra doenças capazes de afetar a visão do bebê, a exemplo da rubéola. O recém-nascido também precisa passar por avaliação oftalmológica para rastrear alterações como a catarata congênita, iniciando tratamento antes que promovam danos irreversíveis.
Depois, o acompanhamento deve seguir pela infância, respeitando os intervalos recomendados pelo oftalmologista. Na fase adulta, as consultas devem ser anuais ou, em caso de doenças específicas, ainda mais frequentes.
O motivo é simples de entender. O aumento da pressão no interior dos olhos, por exemplo, é capaz de danificar o nervo óptico, evoluindo para um quadro chamado glaucoma, que está por trás da cegueira. Mas basta manter a pressão sob controle para evitar que isso aconteça.
O diabetes descontrolado também tem potencial de prejudicar os vasos sanguíneos da retina, ocasionando a perda da visão. Portanto, manter as taxas de açúcar equilibradas afasta a complicação. O mesmo vale para outras enfermidades, como a degeneração macular relacionada à idade, para as quais existem terapias capazes de desacelerar sua progressão.
Em resumo, vale ter em mente que identificar uma ameaça o quanto antes representa uma oportunidade de impedir que ela avance, comprometendo a capacidade de enxergar. Veja outras formas eficientes de manter sua visão protegida:
-Coloque uma película protetora nas telas para filtrar a luz visível e evitar prejuízos oculares.
-Nunca tome remédios ou use colírios por conta própria.
-Mantenha o esquema de vacinas em dia, prevenindo doenças que afetam a visão, como rubéola e meningite.
-Deixe produtos de limpeza, objetos cortantes e outros itens perigosos fora do alcance das crianças.
.-Use óculos escuros de boa qualidade, com filtro UV, sempre que sair ao sol.
-Evite traumas oculares, usando cinto de segurança e proteção para os olhos, ao realizar alguma atividade que os exponha a substâncias ou outras agressões.
-Mantenha uma alimentação rica em frutas, legumes e verduras, grãos e gorduras boas, como a das castanhas.

Fonte: Dr. Hallim Feres Neto (CRM-SP 117.127), oftalmologista da Lotten Eyes.

Comments are closed.

-