Catarata: saiba mais

jun 16, 2011 por Lotten Eyes    8 Comentários    Postado em: Catarata

Catarata é a opacificação do cristalino (a lente natural do nosso olho) cuja causa mais frequente é o processo natural de envelhecimento dos olhos, que ocorre a partir dos 40 anos, sendo o aparecimento dos sintomas principalmente a partir dos 50 anos.  A catarata senil é comumente bilateral e simétrica. Outras causas comuns são:

  • Trauma: geralmente unilateral, ocorre independente da idade
  • Uso de medicamentos: como corticosteróides;
  • Doenças, como diabetes, galactosemia, doenças renais;
  • Congênita: presente ao nascimento;
  • Infecções e inflamações oculares;
  • Cirurgias intra-oculares prévias, como vitrectomia, e cirurgias antiglaucomatosas.

O desenvolvimento da catarata pode ser muito lento, levando anos para se notar sintomas acentuados, mas também pode aumentar mais rapidamente e, portanto comprometendo a visão de uma forma importante, sendo necessária a cirurgia de catarata para a reabilitação visual.

A cirurgia de catarata é feita através da emulsificação do cristalino, isto é, o núcleo é microfragmentado por uma ponteira ultrassônica, e então aspirado.

Após retirado todo o cristalino, é implantado uma lente intra-ocular no lugar que antes ficava o cristalino. Essa lente possui um determinado grau, calculado nos exames pré-operatórios, e que substitui o grau dos óculos para a distância de longe em muitos casos e dependendo do tipo da lente, podendo até deixar o indivíduo independente dos óculos em todas as distâncias.

Tipos de lentes:

Atualmente há vários tipos de lentes. Cada lente tem sua determinada indicação, que deve ser feita pelo médico oftalmologista especialista.

Hoje em dia, as lentes podem corrigir a visão nas distâncias de perto e de longe ao mesmo tempo, podem corrigir o astigmatismo, ou simplesmente restabelecer a visão ao que era antes de se desenvolver a catarata.

A cirurgia de catarata dura em média 20 minutos e a anestesia é feita através de colírios, possibilitando ao paciente retornar a sua casa logo após o procedimento comprar viagra en andorra online.

Após a cirurgia de catarata o paciente deve usar os colírios de forma correta conforme orientação de seu médico oftalmologista para evitar inflamações e infecções manter um repouso relativo, isto é, não deve fazer esforços físicos, para se evitar complicações pós-operatórias.

Dra. Cristina Carossa – Oftalmologista Especialista em Catarata

8 Comentários Comentar

  • Dra.Cristina, boa tarde!
    Gostaria, se possível, tirar uma dúvida. Minha mãe é portadora da síndrome de sjogren. Faz tratamento há nos com oftalmo. Usa colírios lubrificantes e soro autologo. Teve úlceras nas vistas. Operou tres vezes para abrir e fechar o canal lacrimal. Sempre está com a vista inflamada. Pinga regularmente corticoide. Melhora qdo passa mas logo volta a ficar com a vista doendo. e a cada dia está perdendo a visão. E o ofaltmo diz que não tem mais o que fazer, que está no topo da medicação. Que quem tem que dar uma solução é o reumato. Ela toma as medicações que o reumato prescreve, porém este, não diz o que pode ser feito e joga a responsabilidade para o oftalmo. Diante disto, levei minha mae em outro oftalmo para ouvir uma 2ª opinião. e este disse que minha mãe não está enxergando devido a catarata, que o caso é cirurgico. Levei o assunto ao 1º oftalmo para saber o que ele sugeria, este porem disse que ela tem catarata mas que não é para operar, e que ela não esta enxergando devido a sindrome. a sra.poderia esclarecer se a sindrome de sjogren faz a pessoa perder a visão? ou se é “apenas” secura nos olhos e operando a catarata ela poderia melhorar??
    obrigada pela atenção.

    • Prezada Cristiane, Boa tarde. A Síndrome de Sjogren pode cursar com quadros de olho seco muito intenso, que pelo que vc nos escreveu, é o caso da sua mãe. O controle clínico, pelo reumatologista, realmente é muito importante, e pode ser crucial para a melhora do quadro, junto ao acompanhamento oftalmológico. O olho seco pode causar baixa visão quando houver alterações corneanas, como ceratite ou cicatrizes. A catarata é uma importante causa de baixa visão reversível em pessoas mais velhas, e por isso tem de ser feita uma avaliação oftalmológica detalhada, para saber qual a causa principal da baixa visão. Importante saber também que qualquer cirurgia em pessoas com olho seco e inflamação da superfície ocular é mais delicada e a indicação tem que ser muito criteriosa. Sugiro que marque uma nova consulta, se preferir, pode ser em uma de nossas unidades, para uma avaliação mais específica.
      Atenciosamente,
      Dra. Priscila Novaes

  • Boa tarde Drs.
    Marquei uma consulta com o Dr Claudio para a próxima semana, mas gostaria de antecipar minha dúvida.
    Meu pai tem 60 anos, e tem alta miopia desde jovem.
    Há +- 10 anos, com aproximadamente 13 graus, fez a cirurgia laser para reduzir o grau da miopia, mas ainda ficou um grau residual de 1 grau.
    O grau aumentou muito nos ultimos anos (+- 5 graus) e ele gostaria de repetir a cirurgia, mas alguns médicos consultados não recomendaram repetir a cirurgia laser, pois a córnea ficou muito fina.
    Pelo que se sabe também tem catarata.

    Ele tem muita vontade de se tratar e parar de usar óculos, será que teria alguma chance?

    Obrigada!

    • Olá Thile. Normalmente a cirurgia a laser não é indicada em pacientes que já apresentam Catarata. A cirurgia de catarata (facoemulsificação com implante de lente intraocular) costuma a ter excelentes resultados, e dependendo da lente implantada o paciente pode voltar a ficar sem óculos a maior parte do tempo. Para avaliar melhor o caso do seu pai – um olho com alta miopia e já operado anteriormente – é importante agendar uma consulta.

      Equipe Lotten Eyes.
      http://www.lotteneyes.com.br

  • Guarulhos, 12 de outubro de 2011.

    Ilma. Dra.

    Pela presente, venho agradecer desde já Vossa atenção. Sou advogada na região de
    Guarulhos e veio me procurar uma mãe de um menor hoje com 16 anos que se enquadra no CID 54.1. Não entendo nada de oftalmologia, mas gostaria de se possível uma ajuda dos Doutores, pois mesmo carente de conhecimentos verifiquei em um dos laudos médicos constar catarata total em olho direito – visão subnormal.
    Pesquisando, a informação é que visão subnormal dependendo pode ser apenas visão baixa. E estar o olho coberto pela catarata.
    Acreditando nessa possibilidade, gostaria imensamente de sua colaboração para então tentar uma consulta com a Doutora.
    Ocorre que a história desse rapaz já é muito sofrida. Permaneceu por 5 anos em abrigos por dificuldade financeira da genitora. Tem outros irmãos menores. Hoje encontra-se com a família e a todo momento presente no escritório pede ajuda.
    Sinceramente, não sei bem por onde começar. Acho que por aqui. E também estou tentando um LOAS. Mas., se realmente for constatado visão subnormal – felismente a Justiça Federal entende não se enquadrar nesse tipo de benefício.
    Sem mais e ao dispor para outras informações que se façam necessárias.

    Atenciosamente,
    Marta
    Telefone: 2852-4056
    Advogados
    Avenida Presidente Juscelino K de Oliveira, 3033 – Parque São Miguel Guarulhos/SP

    • Prezada Marta,
      Somente com a descrição não conseguimos opinar sobre o caso. É necessário um exame mais completo do paciente. Se realmente for catarata, é preciso esclarecer se há indicação cirúrgica. Só assim conseguimos ter parâmetros para diagnosticar se há ou não visão subnormal.
      Agradecemos o contato
      Equipe Lotten Eyes
      http://www.lotteneyes.com.br

  • Boa tarde Dr. Claudio,
    Eu queria, por favor desfazer uma duvidas quanto aa cirugia da catarata.
    Apos a cirurgia, o paciente, voltara a enxergar colorido? quais os exames de praxe antes da cirurgia?
    e os cuidados apos a cirurgia : em casa, por ex. cozinhar, limpar, etc. o que eh mais complicado de manter ?

    Agradeco sua atencao

    Jacqueline Sassoon

    • Prezada Jacqueline,

      A catarata geralmente produz uma deficiência na percepção do contrate das cores. Após a cirurgia essa deficiência é eliminada, fazendo com que o paciente volte a enxergar as cores como enxergava antes de possuir catarata.
      Os exames que geralmente são realizados no pré-operatório são: a Biometria, a Topografia de Córnea, Microscopia Especular e Mapeamento de Retina! Em alguns casos se faz necessária também a avaliação sistêmica feita por um cardiologista.

      No pós-operatório deve-se evitar, principalmente na primeira semana, abaixar a cabeça, esforços físicos, e qualquer tipo de trauma ocular ( como coçar os olhos por exemplo ).

      Agradecemos o contato.
      Equipe Lotten Eyes.

-