Conjuntivite – Transmitida até debaixo d’água

18 ago 2014 por Lotten Eyes    Sem Comentários    Postado em: Conjuntivite

oculosdemergulho

A conjuntivite é uma doença altamente contagiosa, transmitida por fungos e bactérias. Por isso que ela se torna epidemia rapidamente. Quando uma pessoa perto de você se contagia com a conjuntivite, se você não tomar os devidos cuidados poderá contrair a doença também.

Você sabia que esse meio de contágio pode se dar até mesmo através da água? Isso mesmo! É possível pegar conjuntivite mergulhando em uma mesma piscina em que uma pessoa com conjuntivite mergulhou.

Por isso todo cuidado é pouco. O ideal é que sempre usemos óculos de natação ou mergulho bem fechados quando formos mergulhar em alguma piscina pública.

Existem dois tipos de conjuntivite: a conjuntivite viral e a conjuntivite bacteriana. O tratamento da conjuntivite dependerá muito do seu tipo, se for viral, não há tratamento, pois ela irá se curar naturalmente com o passar de um tempo (normalmente duas semanas). Já a conjuntivite bacteriana, no caso a que se pode pegar através da água, é indicado o uso de colírios antibióticos pelo médico oftalmologista.

Proteja sempre seus olhos e cuide de sua saúde, afinal, eles são as janelas para o mundo!

Cuidado com os Olhos + Alimentação Saudável – Como conciliar?

18 ago 2014 por Lotten Eyes    Sem Comentários    Postado em: Visão

alimentos

Uma alimentação saudável é fundamental para manter nosso corpo funcionando perfeitamente por inteiro. Todos os órgãos precisam de nutrientes diferentes e os olhos não são diferentes.

Assim os cuidados com os olhos englobam também uma alimentação saudável. Mas você sabe exatamente quais alimentos deve consumir para manter seus olhos saudáveis? Nesse artigo mostraremos para você as principais vitaminas para manter sua visão saudável.

Vitaminas necessárias para a saúde dos olhos

Podemos chamar a dieta saudável para os olhos como “Dieta do ECA”. Mas pode ficar tranquilo, essa dieta não foi nomeada assim por ser uma dieta de sabor ruim, mas sim porque ECA são as vitaminas necessárias para nossos olhos.

Onde encontrar as vitaminas E, C e A?

Podemos encontrar essas vitaminas em boa concentração nos seguintes alimentos: Cenoura, espinafre, fígado, couve (crua), tomate, melão, verduras de folhas verdes, frutas cítricas, maçã, abacate, ameixa, aspargo, etc.

Portanto, são muitos alimentos que favorecem a nossa visão, mesmo que você não goste de algum desses, você tem muitos outros para escolher e cuidar bem dos seus olhos.

Lentes de Contato – Porque retirar na hora do banho?

18 ago 2014 por Lotten Eyes    Sem Comentários    Postado em: Lentes de Contato

lentes-de-contato-banho

As lentes de contato geralmente são utilizadas por pessoas com miopia ou astigmatismo para corrigir o problema de visão.

Tomar banho com lentes de contato não é uma boa ideia, seja um banho em chuveiro, banheiro ou um mergulho em piscina ou no mar. Neste artigo mostraremos as razões para não se usar lentes na hora do banho.

Pode causar infecções ou outras doenças

As impurezas que entrar em seus olhos através da água em que está se banhando pode trazer graves complicações para seus olhos, como inflamações na córnea, entre outros.

Danifica as lentes de contato

A água inadequada pode danificar suas lentes. Por isso para higienizar suas lentes é necessário produtos específicos e não apenas água.

Machuca seus olhos

Produtos químicos além de danificar as lentes pode machucar seus olhos também. Imagine que entre shampoo em seus olhos usando as lentes. Você mal conseguirá manter os olhos abertos para retirá-las.

A gota d’água

Por fim, apenas uma pequena gotícula de água em seus olhos pode causar um borrão em sua visão, te impedindo de enxergar direito.

Esses são os principais motivos para que você retire suas lentes de contato na hora do banho. Lembre-se também de higieniza-las corretamente com os produtos específicos. Afinal, usar lentes de contato exige muito mais cuidado do que se imagina.

Lentes de Contato Inteligentes – Novidade para os próximos anos

14 ago 2014 por Lotten Eyes    Sem Comentários    Postado em: Lentes de Contato

lentes-de-contato-inteligentes

A tecnologia está cada vez mais atrelada à saúde. A Empresa Google anunciou que está trabalhando na criação de uma lente de contato inteligente, que usará as lágrimas para monitorar a quantidade de glicose no sangue do usuário. Esse dispositivo beneficiará principalmente pessoas com diabetes e hipoglicemia.

A diabetes é uma das doenças que podem causar cegueira, por isso ela deve ser controlada e tratada assim que diagnosticada.

As lentes de contato inteligentes serão compostas por um chip wireless e um sensor em miniatura de glicose que estará prensado entre duas camadas do material gelatinoso das lentes de contato.

A ideia das lentes de contato inteligentes já passou por muitos testes clínicos que ajudaram a refiná-las para que seja mais confortável para quem as usa. Porém as lentes ainda passarão por um processo de regulamentação norte-americana, além de procurar novas parcerias para ajudar em seu desenvolvimento.

Como escolher seus óculos de sol? – Veja entrevista Dr. Cláudio Lottenberg

20 mar 2014 por Lotten Eyes    Sem Comentários    Postado em: Notícias

0009800591D-565x849

Você sabe como escolher seus óculos de sol? Geralmente o que observamos é o modelo e a marca. Mas será que é só isso mesmo?

Não! Devemos pensar na proteção que esses óculos devem proporcionar aos nossos olhos, para isto, a Veja entrevistou o Dr. Cláudio Lottenberg da Clínica de Oftalmologia Lotten Eyes para melhor esclarecimento do que devemos nos atentar na hora de escolher nossos óculos de sol. Vale a pena conferir:

http://veja.abril.com.br/blog/estetica-saude/corpo/como-escolher-seus-oculos-de-sol/

Cirurgia de Catarata a Laser

27 jan 2014 por Lotten Eyes    Sem Comentários    Postado em: Catarata, Notícias

Estamos vivendo hoje a era das cirurgias de catarata a laser; este novo avanço tecnológico utiliza um laser de alta precisão para auxiliar na extração da catarata. A Cirurgia de catarata a laser oferece enormes avanços tornando-se substancialmente diferente quando comparada com a cirurgia de catarata tradicional. Esta abordagem sem bisturi torna a cirurgia de catarata um processo de refração proporcionando aos pacientes excelentes resultados visuais e refrativos, tudo em um tratamento e tornando-se menos dependente de seus óculos.

Além disso, a alta precisão, previsibilidade e reprodutibilidade da cirurgia de catarata a laser faz com que esta intervenção cirúrgica seja mais segura evitando desta forma uma série de possíveis complicações.

As vantagens da utilização de um laser para eliminar a catarata incluem a capacidade de utilizar as fibras ópticas com um diâmetro menor do que as sondas de ultra-sons típicos e energia direta precisamente no tecido-alvo por meio suave e sem corte.

Teoricamente, o uso de um laser em comparação com a facoemulsificação:

• reduz o calor e vibração na ferida e nos olhos

• diminui a chance de ruptura capsular

• requer incisões menores

• permite uma recuperação mais rápida

Técnicas de facoemulsificação são passíveis de complicações que ameaçam a visão. As possíveis complicações relacionadas com facoemulsificação incluem queimadura da córnea ou esclera, trauma da íris, a ruptura da cápsula posterior, a perda de fluido vítreo e edema macular cistóide e astigmatismo induzido.

Com as lentes intraoculares multifocais o paciente operado de catarata volta a sua situação de jovem, antes da presbiopia, pois fica independente dos óculos, tanto pra longe quando para perto.

Você poderá conhecer o procedimento através do vídeo abaixo, comparando a cirurgia de catarata a laser com a cirurgia convencional de catarata:

A Lotten Eyes já tem este moderno equipamento disponível para este tipo de cirurgia, agende já sua consulta em uma de nossas unidades de clínicas oftalmológicas e converse com o seu médico oftalmologista.

Cirurgia de Miopia a Laser – Do Diagnóstico ao Pós-Operatório

22 ago 2013 por Lotten Eyes    2 Comentários    Postado em: Notícias

cirurgia-de-miopia-a-laser

A miopia é um erro de refração que afeta a visão à distância. Além das lentes corretivas, outra alternativa para a correção da visão é a cirurgia de miopia a laser. Entenda como ela funciona:

Primeiramente, para poder realizar a cirurgia de miopia, é necessário que o paciente tenha no mínimo 20 anos de idade, que é quando ocorre a estabilização do grau da miopia. O oftalmologista irá investigar o histórico do paciente e se ele possui alguma doença sistêmica grave, como por exemplo, a diabetes. Caso não encontre nada que o impeça de realizar a cirurgia, serão solicitados alguns exames oculares.

O primeiro exame a ser realizado é a tomografia da córnea. Esse exame irá medir a curvatura e a espessura corneana. A tomografia é o exame pré-operatório mais importante, pois a cirurgia de miopia irá remodelar a córnea através do laser, por isso é indispensável que a córnea do paciente apresente uma espessura adequada para o uso do laser. Será realizado também o exame de mapeamento da retina, avaliação do fundo do olho e um exame oftalmológico básico através de um microscópio. Se o paciente for usuário de lentes de contato, é necessário que suspenda seu uso por uma semana antes da realização da cirurgia de miopia.

Durante o procedimento da cirurgia, o paciente passará por duas salas cirúrgicas.

Na primeira sala cirúrgica, será utilizado o laser Femtosegundo. Ele irá levantar e preparar o disco ocular. Além disso, irá cortar um pedaço de 8,5 cm da córnea. Neste procedimento, o paciente já estará previamente anestesiado com a assepsia feita no rosto. Será colocado um protetor no olho do paciente e com auxilio de uma seringa, será colocado um anel que gera um vácuo no outro olho.

Depois de colocar este anel, será feito o nivelamento da córnea. Saíra um cone do Femtosegundo que entrará no aparato e irá aplanar a córnea. Um feixe de luz será aplicado e originará diversas divisões que facilitarão o levantamento desta região. Todo este processo dura em média 17 segundos. Assim se conclui a etapa na primeira sala.

Na segunda sala, será utilizado um aparelho chamado Excimer, onde se efetuará a correção do grau de miopia. Novamente é pingado o colírio anestésico e através de um programa visualizado em uma tela, o oftalmologista obterá dados precisos do grau de miopia do paciente. Após isso, os olhos serão estabilizados com a aplicação do blefarostato, para impedir que o paciente pisque. O médico oftalmologista irá utilizar o método de aplicação do laser chamado Lasik, que dura em média de 15 a 50 segundos.

Finalmente, após todo esse procedimento, o paciente poderá ir para casa e precisará usar apenas lentes de contato terapêutica e óculos escuros. Deve-se evitar ao máximo vento forte, ar-condicionado, poeira, esportes ao longo de um mês e piscina e praia ao longo de uma semana. Durante 15 dias o paciente precisará utilizar o oclusor para dormir. O objetivo final desta cirurgia é eliminar 100% o grau de miopia, porém isso dependerá da córnea, pois a resposta cicatricial do paciente é que passará essa informação.

Sal em Excesso Prejudica sua Visão

1 ago 2013 por Lotten Eyes    Sem Comentários    Postado em: Catarata

salt

Não é segredo para ninguém que o consumo de sal em excesso faz mal à saúde, mas poucos sabem que este excesso prejudica também a visão. O excesso de sal dificulta a manutenção do baixo nível intracelular de cálcio que é responsável pela transparência das lentes dos olhos.

A catarata é uma doença que atinge praticamente todas as pessoas acima dos 75 anos, pois ela geralmente está relacionada ao envelhecimento, porém, a catarata subcapsular posterior pode aparecer em qualquer idade e seu aparecimento está relacionado com, além do consumo abusivo do sal, traumas, hereditariedade, uso contínuo de corticoides e diabetes.

Este tipo de catarata, assim como a comum, também embaça o cristalino, a diferença é que na catarata subcapsular posterior a opacificação ocorre na parte de trás do cristalino, por este motivo que a aversão à luz é mais intensa.

Para a prevenção desta doença, é importante reduzir o consumo de sal, optando por outros temperos naturais. Evite alimentos industrializados que contenham glutamato de sódio, embutidos e conservas. O consumo de bebida alcoólica e cigarros também devem ser evitados. Consuma mais frutas e vegetais frescos, pois ajudam a adiar o surgimento da doença.

Além disso, nunca deixe de usar os óculos de sol, pois eles protegem os olhos da radiação ultravioleta. Procure também utilizar bonés e chapéus.

O único tratamento para eliminar a doença é a cirurgia de catarata, que é efetuada com sucesso em mais de 95% dos casos.

Fonte: Dieta Já

O Cigarro e os Olhos

29 ago 2012 por Lotten Eyes    Sem Comentários    Postado em: Cuidados com a visão

Um dos melhores investimentos que podemos fazer para nossa saúde é largar ou, melhor ainda, evitar de fumar. E os nossos olhos agradecem. Afinal são mais de 4000 toxinas presentes no cigarro que agem no olho por mecanismos isquêmicos e oxidativos.

Os malefícios do cigarro para o olho já são conhecidos há muito tempo. E quanto mais se fuma, maior a chance de desenvolver catarata, degeneração macular relacionada a idade e glaucoma, doenças essas hoje consideradas as maiores causas de cegueira no mundo.

Mas não para por aí: a fumaça do cigarro é um irritante que piora os sintomas de olho seco não só para para o fumante ativo mas para o passivo também. Isso causa sintomas que vão desde uma leve irritação dos olhos até lacrimejamento excessivo, queimação, prurido, entre outros.

Existem ainda vários indícios que o cigarro pode agravar a Oftalmopatia de Graves, que é uma doença dos olhos relacionada ao hipertireoidismo no qual um ou os dois olhos se projetam anteriormente nas órbitas.

Até as crianças podem ser afetadas pelo cigarro, principalmente pela exposição delas em ambientes onde se fuma (dentro de casa ou do carro, por exemplo). Além do risco de desenvolver a conjuntivite alérgica, as crianças filhas de mães fumantes tem risco maior de desenvolver estrabismo.

Vamos cuidar dos nossos olhos ?

Dr. Luis Paves

Médico Oftalmologista

Pterígio: saiba quais são as causas, os sintomas e as formas de tratamento

28 jun 2012 por Lotten Eyes    5 Comentários    Postado em: Pterígio

Popularmente chamado de “carne crescida” ou equivocadamente chamado de “catarata”, o Pterígio é uma pequena membrana avermelhada na superfície do olho que  avança em direção à córnea.

A causa exata até hoje não é bem conhecida.

Pode ser provocado por fatores hereditários ou ambientais, tendo maior incidência nas regiões tropicais. Sabe-se que provavelmente está relacionado com exposição prolongada ao sol, sobretudo aos raios ultravioletas (UVA e UVB).

Os sintomas principais são irritação, olhos vermelhos, sensação de cisco e fotofobia (sensibilidade à luz).

O tratamento pode ser cirúrgico nos casos em que o pterígio cresce ameaçando chegar a pupila, quando pela mudança na córnea leva a astigmatismos altos, nos casos de irritação frequente ou hiperemia (vermelhidão) constante em que haja motivação estética. Nos casos de menor sintomatologia ou pacientes muito jovens pode ser feito apenas acompanhamento clínico.

Recomendações importantes são proteção adequada dos olhos como uso de óculos escuros e lágrimas artificiais, evitar exposição prolongada ao sol, locais secos e poluídos.

Consulte seu oftalmologista para saber a melhor indicação de tratamento para o seu caso.

-